segunda-feira, 26 de junho de 2006

Laranja Espremida

Cá vamos nós para os quartos-final do Mundial 2006! Um jogo épico para Portugal, com todos os ingredientes possíveis (alguns até algo indegestos), mas que tornaram a nossa vitória ainda mais saborosa. O jogo todos devem ter visto. Golo de Maniche aos 23minutos que deu a vitória magra, mas suficiente para nos fazer exultar de alegria.
PÉSSIMO trabalho do árbitro, a não expulsar jogadores que deveriam ter ido para a rua e a distribuir cartões tão escusados quanto estúpidos, como na expulsão de Deco! Negativamente em Portugal fica a lesão de Cristiano Ronaldo que tem 6 dias para recuperar, e a ausência de Costinha e Deco do jogo com a Inglaterra... Costinha foi bem expulso e num lance em que mostra alguma falta de cabeça, para perceber que não podia MESMO fazer aquilo que fez! Vamos lá ver se a FIFA é inteligente (a avaliar pelas palavras de Sepp Blatter parece que sim) e põe este árbitro de volta à Rússia, ou então a ver se o proibem de beber vodka antes de apitar um jogo...

Grande falta de fair-play da Holanda ao não devolver por duas vezes a bola a Portugal, uma delas que começou por motivar o grande mal-estar que se prolongou até final entre os jogadores. Heitinga há-de ficar na minha mente como a cara da falta do fair-play deste jogo. Se não queriam dar a bola, pelo menos que os tivessem no sítio e avisassem, não era começar a correr quando todos esperavam a devolução.

Para a comédia deixo as palavras finais de Van Basten, cuja qualidade humana não parece ser idêntica à qualidade como jogador, mas hoje quando passou por Eusébio deve ter feito uma vénia ao REI! Aqui vai: "Penso que os portugueses perderam tanto tempo, por isso não demos a bola. A falta de 'fair-play' foi do lado de Portugal. O Cristiano Ronaldo lesionou-se num lance casual. O árbitro deu o cartão amarelo ao nosso jogador. Penso que está tudo bem. Já disse que o jogo teve muitas paragens, porque houve lesões e muitos portugueses perderam tempo", concluiu o burro do técnico holandês...enfim! PORTUGAL ALLEZ!!

Para os interessados em fotografias do jogo têm aqui a galeria de fotos.

Saudações!!

quinta-feira, 22 de junho de 2006

Primeiro Objectivo: CUMPRIDO!

Mais uma tarde de futebol em época de Mundial, mas desta vez diferente. Jogava Portugal, pois claro. As pessoas saíram do emprego mais cedo para ver a confirmação daquilo que já se sabia. O apuramento para os 1/8 de final estava garantido, mas havia uma honra e um primeiro lugar para defender.
Mais um estádio cheio (como tem acontecido em, praticamente, todos os jogos) e Portugal começou o jogo a todo o gás e fez os melhores 25min. desde que estamos na Alemanha. Apesar de termos muitas estrelas fora de campo, o carisma e a vontade estavam todos lá.
Aos 6m, o primeiro momento de destaque e o primeiro momento de alegria... Golo de Portugal!! Simão (grande jogo ontem) conduziu a bola por 40m ao longo do corredor esquerdo e fez um passe inteligente para a entrada da área onde apareceu Maniche a rematar colocado e forte para o primeiro golo de Portugal. Tudo corria bem...
Mas melhorou ainda mais aos 24min quando Rafa Marquéz pôs a mão, descaradamente, na bola. Penalty para Portugal que Simão converteu calmamente, apesar dos movimentos do guarda-redes mexicano que poderiam desconcentrar o nosso jogador.
Nesta altura parecia tudo fácil e Portugal continuava balanceado e já havia quem pensasse mais na ajuda a Angola do que no nosso jogo.
Só que o México pôs alguma água na fervura portuguesa e marcou aos 29min na sequência de um canto.
A partir daqui Portugal encolheu-se a parecia temer outro golo dos mexicanos... Chegou-se ao intervalo com o mesmo resultado...2-1.
Na 2ª parte a toada manteve-se e o México carregava mais no acelerador enquanto Portugal se ia deixando recuar e ia comentendo alguns erros na defesa... A meio do segundo tempo, Miguel cometeu grande penalidade...sorte a nossa que Bravo rematou por cima na hora de enfrentar Ricardo.
Um suspiro de alívio seguido de outro quando Pérez foi expulso por simular uma grande penalidade 4minutos depois... Tudo levava a crer que fosse ser mais fácil, mas Portugal continuava a recuar e a jogar mal e até ao final apenas criou mais um lance de perigo com Nuno Gomes a falhar o remate na cara de Oswaldo Sanchez.

Os destaques do jogo vão para Simão, grande jogo pela ala a conseguir servir muito bem médios e avançados, foi premiado com a marcação do penalty; Maniche, foi um jogador esclarecido no meio-campo sempre em busca de espaços para rematar; Petit, sempre uma força no meio-campo a limpar a sua zona e sem cometer muitas faltas...para os que tanto o criticam, vejam quantos jogadores de Portugal já viram amarelo e confiram se o seu nome está na lista.

Juntamente com Portugal, passou o México apesar da derrota, devido ao empate de Angola a uma bola. Agora venha a Holanda...Domingo às 20h lá estaremos todos a ajudar em mais uma etapa do sonho!
Força Portugal!!

domingo, 18 de junho de 2006

Mau inicio...

O Benfica perdeu ontem o seu primeiro jogo para a final do Campeonato Nacional de Futsal, frente ao Sporting, por 2-3. O Benfica começou melhor e dominou o início do jogo. Aos 12' Sidney inaugurou, naturalmente, o marcador para os encarnados, confirmando a superioridade bem visível. No entanto, o Sporting viria a virar o resultado e muito à custa do seu guardas-redes foi para o intervalo a ganhar por 1-2. De referir que em toda a 1ª parte o Sporting concretizou duas das três ocasiões que criou; o Benfica criou muito mais lances de perigo, mas falhou no momento crucial.

Na segunda parte, o Benfica entrou determinado mas mais uma vez encontrou pela frente um João Benedito inspirado que fazia questão de parar tudo o que lhe aparecia à frente e como quem não marca sofre, o Benfica acabou por sofrer o 3-1 por intermedio de Nené. O Benfica acabaria por reduzir o resultado a 3 minutos do fim, quando já jogava com guarda-redes avançado, mas o tempo já era escasso para conseguir mais.

De notar que na segunda parte fizemos 26 remates e apenas marcamos 1 golo, o que demonstra a termenda ineficácia ofensiva por parte do Benfica e a boa exibição do guarda-redes do Sporting neste jogo.

Agora tudo se torna mais difícil e temos de entrar muito determinados nos próximos jogos. Mas não há que perder a esperança, porque nas meias-finais também o Olivais foi goleado em casa pelo Sporting e a jogar fora conseguiu ir a 3ª jogo, só perdendo no prolongamento. Com um Benfica dominador podemos ainda dar a volta!

Força Benfica!

sábado, 17 de junho de 2006

Assim sim!!!

Dois jogos, duas vitórias. Portugal está nos oitavos-de-final do Campeonato do Mundo 2006, o que não acontecia há 40 anos. Desta vez, o adversário foi o Irão, um adversário que prometia mais do que fez até agora, uma das equipas que muitos apontavam como a surpresa deste ano, mas nada que se pareça. Depois de ter perdido 3-1 com o México na primeira jornada, agora foi a vez de Portugal ganhar, 2-0 foi o resultado final.
Portugal entrou bem no jogo, como tinha feito com a Angola, mas desta vez não marcou cedo, e por isso, também não foi abaixo. Sim! porque eu acho que a má exibição do primeiro jogo deveu-se ao facto de termos marcado cedo e termos passado o jogo a defender o resultado. Um meio campo todo modificado, com Costinha, Maniche e Deco. Principalmente Deco e Costinha provaram serem fundamentais nesta seleção. Costinha dá mais segurança à defesa e ao ataque do que Petit (que é um pouco mais ofensivo), e Deco não precisa de explicações, é o nosso maestro, organizador fantástico. Maniche jogou bem, mas não se notou diferença em relação a Tiago, penso que até seria melhor Tiago.
Portugal controlou o jogo do início ao fim, isso reflectiu-se em tudo (número de cantos, posse de bola, remates, ataques e, claro, golos). Como já disse, Deco foi a mudança que mais melhorou o jogo português, foi por isso responsável pela vitória, tanto pelo que trouxe ao jogo, como pelo excelente golo que marcou. Cristiano Ronaldo, que tanto tentou o golo, também marcou (penaltie), fazendo o resultado final de 2-0.
Não há muito mais a dizer, já que Portugal foi, practicamente, a única equipa em campo. Apenas os destaques que, quanto a mim, são: Miguel, fantástico jogo do lateral direito, a atacar e a defender; Deco, um golo e uma exibição de nível; Costinha, a segurança em pessoa; e Figo, a confirmar a boa forma que mostrou frente à Angola.
Mais uma coisa a dizer sobre o jogo, penso que o árbitro francês esteve muito mal, não foram grandes erros que pudessem influenciar um jogo, mas em vários pormenores (lançamentos, livres, cartões...) esteve muito mal.

Agora espero que consigamos vencer o México, para ajudar Angola a tentar qualificar-se, seria bonito passarem as duas seleções lusófonas. Quanto aos oitavos-de-final (Holanda ou Argentina) venha o diabo e escolha...

Força Portugal!!!

segunda-feira, 12 de junho de 2006

Acima de tudo...a vitória!

Ontem em Colónia encontraram-se dois países irmãos para disputar um jogo do Mundial 2006 (Alemanha). Portugal e Angola entravam assim no relvado para um jogo de língua portuguesa. A lesão de Deco fez jogar Simão, enquanto que, por opção técnica, a outra surpresa foi a saída de Costinha da equipa para a entrada de Tiago. E a nossa seleção entrou muito bem no jogo, logo nos primeiros segundos Simão assiste muito bem Pauleta que remata e a bola passa pertíssimo do poste. Mas aos 4 minutos Figo tem uma jogada genial (aproveitando a ingenuidade do defesa), passando dor um adversário em corrida e assistindo Pauleta na perfeição para este fazer o 1-0. Portugal pressionou mais um pouco e Cristiano Ronaldo, de cabeça, rematou à trave da baliza. Mas, infelizmente, a seleção das quinas fez o que é habitual em situação de vantagem - defender o resultado muito cedo - e a Angola a partir dos 15' veio para a frente conseguindo dois remates para Ricardo se mexer um pouco.
A segunda parte foi monótona, sem nenhuma jogada de muito importante, mas o jogo foi, de certa maneira, controlado por Portugal, e nesse sentido, merecemos ganhar.

Apesar de Figo ter realizado um bom jogo no meio campo, aliás foi o "Men of the match" considerado pela FIFA, fez falta o nosso 20, Deco. Os destaques vão para Figo (obviamente); Pauleta, que até marcou um golo e jogou bem; Tiago, penso que esteve muito bem, aliás na minha opinão ele seria o titularíssimo ao lado de Costinha; Miguel, que ajudou muito o ataque, mas nem por isso se esqueceu da defesa, realizou um bom jogo; os centrais (Meira e Carvalho) estiveram igualmente bem.

Estamos então em segundo lugar no grupo, empatados com o primeiro (México), que venceu o Irão por 3-1, estando então este em último lugar e Angola em terceiro.

Força Portugal!!

quinta-feira, 8 de junho de 2006

Começar a Marcar Terreno

Aqui está o regresso em força do VAMDP!! Por motivos vários de vidas estudantis e pessoais de todos nós o blog acabou por sofrer com a nossa ausência. Para a nova época vamos preparar algumas coisas que ajudem a tornar este espaço ainda mais aliciante. Compreendemos que muitos dos nossos leitores tenham "desaparecido" nos últimos tempos devido ao nosso afastamento, mas é para os cativar que aqui estamos. Dêem as vossas opiniões e sugestões para seguirmos rumo a uma nova época cheia de sucessos.

Numa época que vai ter que começar mais cedo forçosamente devido a termos que disputar a 3ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões, é bom que a nossa equipa se comece a formar definitivamente em breve, para evitarmos as já habituais contratações de última hora, que muitas vezes apenas servem para tapar alguns fracassos e poucas vezes trazem resultados práticos.
Rui Costa foi o primeiro sinal de que este ano pode (e DEVE!) ser diferente... A renovação com Manu, já consumada, é outra amostra de que os nossos dirigentes não estão a dormir, mas também só estando a dormir profundamente podiam não reparar na grande época que este miúdo fez... O interesse em manter Miccoli é, para mim, o passo mais importante. Juntamente com Leo, foi a melhor contratação da época passada e por isso merece ficar. Conquistou um lugar na equipa e no coração dos adeptos e assistido pelos passes magistrais de "il maestro" Rui Costa pode ainda dar mais que falar, principalmente se não tiver problemas com lesões, como na época passada.
Os jornais anunciam que entre Benfica e Miccoli está tudo tratado, falta o mais difícil... Resolver o caso com a Juve. Neste momento, a situação da Juve não é lá muito agradável, afogada que está nas polémicas do Campeonato Italiano. Poderá Miccoli sair rescindindo o contracto?? Era óptimo! Mas se não o conseguir podemos sempre negociá-lo por um preço mais baixo do que aquilo que a Juventus queria inicialmente...O preço não me interessa, mas Miccoli tem que ficar!

Quanto aos outros rumores sobre vários gregos e D'Alessandro espero para ver... A prova de que muitos deles não passam de rumores é que um dos jogadores que "já era do Benfica", renovou, horas depois, o seu contracto com o Panathinaikos.

O Mundial está aí á porta e é hora de juntarmos forças em volta da nossa selecção! Com o esforço e suor deles e com o nosso apoio podemos chegar longe... Esperemos que todos cumpram a sua parte, pois é a única forma de chegarmos onde queremos. O VAMDP está com a Selecção! Força Portugal!!

Saudações Benfiquistas!!