domingo, 28 de janeiro de 2007

Fim-de-Semana Muito Bom!

O título poderia ter um "excelente" a substituir o "muito bom", se não fosse a menor sorte da nossa equipa de futsal, que até conseguiu levar o jogo para prolongamento, mas não teve tanta força nem tanto apoio como o Lobelle Santiago que, a jogar em casa, conseguiu vencer a partida e levar a Taça das Taças.
Mas tirando esta escorregadela tivemos um fim de semana a grande nível, com todos os outros jogos a darem vitória!... e com o primeiro título da época para o Sport Lisboa e Benfica... Foi o Andebol quem trouxe a Taça da Liga para a Luz, depois de derrotar, sem deixar margem para dúvidas, o Águas Santas, por 33-23. Parabéns ao Campeões e que seja o primeiro de muitos títulos de todas as modalidades do Benfica esta época.
O último destaque vai para a equipa de futebol, que venceu o Belenenses, aproveitou as escorregadelas dos rivais e ficou a 5 pontos da frente, tendo ascendido ao 2º lugar, por troca com o Sporting. Agora temos que continuar a trabalhar bem para recuperar os pontos perdidos nos 14 jogos que faltam.
Seguem os resultados do fim-de-semana desportivo do Benfica, quase todos vitoriosos:

> Andebol (Taça Liga): Benfica-24 Porto-23 (12-11 ao intervalo)
> Basquetebol: Benfica-78 Ginásio-69 (33-37 ao intervalo)
> Voleibol: Benfica-3 Marítimo-0 (25-14; 27-25; 25-14)
> Futsal: Azkar Lugo-5 Benfica-8 (2-5 ao intervalo)
> Andebol (Taça Liga): Benfica-27 Sporting-23 (11-14 ao intervalo)
> Futebol: Belenenses-1 Benfica-2 (0-2 ao intervalo)
> Voleibol: Benfica-3 Machico-0 (25-14; 27-25; 25-14)
> Hóquei Patins: Benfica-3 Juv. Viana-2 (2-1 ao intervalo)
> Andebol (Taça Liga-FINAL): Benfica-33 Águas Santas-23 (13-12 ao intervalo)
> Futsal (Taça das Taças-FINAL): Lobelle Santiago-5 Benfica-3 (0-1 ao intervalo; 2-2 no final)
> Basquetebol: Belenenses-70 Benfica-91
> Futsal (Taça Portugal): Sassoeiros-2 Benfica-5 (1-4 ao intervalo)

Ficamos, mais uma vez, perto do pleno. Parabéns a todos por esta semana 90% vitoriosa!
FORÇA SLB!!

Mais perto do topo...

Hoje o Benfica deslocou-se a Belém para defrontar um Belenenses em grande forma. Já tinha feito um bom jogo na Luz (apesar de ter perdido 4-0), em Dezembro, e tornou a jogar bem em sua casa. Entrou melhor que o Benfica e criou uma feliz oportunidade de golo após remate de Roma, com desvio em Zé Pedro que ia traindo Quim, mas este mostrou porque deixa Moreira e Moretto de fora. Excelentes reflexos!! No entanto, aos 12' o "maestro" descobriu Simão na frente, com um passe delicioso, tendo o nosso capitão aproveitado o desentendimento entre Rolando e Costinha para fazer um túnel ao guardião da casa e inaugurar o marcador. Este golo afectou o Belenenses durante cerca de 10 minutos, mas após este período voltou à carga com bom entendimento e velocidade dos seus atacantes. E é novamente o Benfica que, aos 36', marca golo. Livre de Rui Costa para um cabeceamento perfeito de Luisão. A primeira parte pode então ser descrita numa frase: "Uns jogam outros marcam". Nesta primeira parte o Benfica mostrou porque é um dos melhores ataques da Superliga e porque não sofria golos à dois meses para a mesma competição. Na segunda parte o Belenenses não entrou com a mesma pressão inicial e o Benfica conseguiu de algum modo gerir o jogo, gerindo o resultado. E o 0-3 poderia ter mesmo chegado quando Nuno Gomes finta Costinha mas remata sem colocação permitindo a defesa em cima da linha de Rodrigo Alvim, o melhor jogador do Belenenses e talvez do jogo. Silas ainda reduziu perto do final mas de nada adiantou. O Benfica sairia mesmo vencedor do jogo. De referir ainda a falta de fair-play e, direi mesmo, de civismo, por parte dos jogadores do Belenenses, mas principalmente do seu treinador Jorge Jesus, que aliás já tinha dito durante a semana que o fair-play era uma "treta". Pôs hoje a teoria em práctica! Penso que o Belenenses tem jogadores fantásticos que estão a ser estragados por essa mentalidade do "mister".

Os destaques vão para: Luisão, um golo e muita eficácia a defender; Karagounis, principalmente na segunda parte fez uma excelente exibição, muito difícil tirar a bola ao grego; Simão, o capitão está em todas, um golo e muito jogo feito por ele; Rui Costa, muito tempo depois voltou a jogar na Superliga e com duas assistências à "maestro"; Quim, não que tivesse muito trabalho, mas quando teve, aplicou-se, e mostrou porque é a primeira escolha de Fernando Santos (e também a minha); Petit, penso que também esteve muito bem e discreto, como se quer, no meio campo.

Reduzimos a diferença para o líder em três pontos e agora resta-nos fazer os nossos jogos e no final fazer contas...

Força Benfica!!!

sábado, 27 de janeiro de 2007

Mais uma Semana, Mais uma Tentativa!

Mais uma semana que não começa nada mal para as modalidades do Benfica. A semana passada teve um início excelente, mas acabou com alguns resultados inesperados. Esta semana o aviso à navegação já está feito e é tempo de lutar por mais um pleno, que nos tem vindo a fugir nos últimos tempos.
Aqui fica o calendário:

> Andebol (Taça Liga): Benfica-24 Porto-23 (12-11 ao intervalo)
> Basquetebol: Benfica-78 Ginásio-69 (33-37 ao intervalo)
> Voleibol: Benfica-3 Marítimo-0 (25-14; 27-25; 25-14)
> Futsal: Azkar Lugo-5 Benfica-8 (2-5 ao intervalo)
> Andebol (Taça Liga): Benfica-27 Sporting-23 (11-14 ao intervalo)
> Futebol: Belenenses-1 Benfica-2 (0-2 ao intervalo)
> Voleibol: Benfica-3 Machico-0 (25-14; 27-25; 25-14)
> Hóquei Patins: Benfica-3 Juv. Viana-2 (2-1 ao intervalo)
> Andebol (Taça Liga-FINAL): Benfica-33 Águas Santas-23 (13-12 ao intervalo)
> Futsal (Taça das Taças-FINAL): Lobelle Santiago-5 Benfica-3 (0-1 ao intervalo; 2-2 no final)

> Basquetebol:
Belenenses-Benfica (4ª feira, 20.30h)

Como se vê pelo calendário há muito desporto para seguir durante esta semana. Boa Sorte a todos e FORÇA BENFICA!

quinta-feira, 25 de janeiro de 2007

Sentimentos Opostos...

25 de Janeiro...

PARABÉNS EUSÉBIO!!


ATÉ SEMPRE FÉHER!!


segunda-feira, 22 de janeiro de 2007

Next!!!

Ontem foi dia de Taça de Portugal. O Benfica recebeu a União de Leiria com um "onze" algo diferente do normal. Manu substituiu o azarado Miccoli, Rui Costa volta à equipa, saindo Karagounis (que por sua vez estava no lugar do suspenso Nuno Assis, que vinha realizando uma excelente temporada) e Anderson entrou para o lugar de Ricardo Rocha. Esta última alteração foi devido à possível transferência do central português para o futebol inglês, mais concretamente para o Tottenham, negócio esse que foi hoje concretizado e amanhã o jogador já se apresenta em Ingaterra. Fernando Santos já reagiu pedindo um substituto e ainda um avançado. Falando em transferências, Manuel Fernandes, ao que tudo indica irá para o Everton (já se encontra em testes médicos). Bom, voltando ao jogo de ontem, o Benfica fez uma boa primeira parte, a tentar chegar de diversas maneiras ao golo, mas a solidez defensiva do Leiria foi o seu ponto forte ontem à noite. E quando não era a defesa a tapar os caminhos da baliza era a infelicidade dos jogadores da casa, primeiro foi Anderson a falhar o desvio após livre de Simão, depois foi Petit a acertar com a bola na cabeça de um defesa, sobrando ainda para a recarga de Rui Costa, a permitir a defesa de Fernando. A segunda parte começa praticamente com um lance soberbo do maestro Rui Costa, no lado esquerdo do ataque deixa dois adversários para trás e só Fernando o conseguiu parar. Pouco depois é Nélson que remata a passar perto do poste, e quando tudo indicava que o Benfica estaria prestes a marcar, é a União de Leiria que se adianta no marcador (o Benfica não sofria um golo desde o jogo em Old Traford). Livre marcado por uma falta inexistente de Léo, com Ivanildo a pôr a bola na cabeça de Harison e este a facturar. Nélson não está isento de culpas... Reacção de Santos: colocar Mantorras no lugar de Manu. O Benfica nunca desistiu, aliás o golo sofrido, por um lado, até lhe fez bem, pois veio para a frente com tudo que tinha. E, lance após lance a equipa da casa ia antecipando o que se seguiria. Primeiro é Mantorras a cabecear ao lado, mas muito perto do poste, pouco depois o angolano faz mesmo golo, mas foi invalidado por fora-de-jogo. Aos 75' é Katsouranis a cabecear e a assustar os leirienses. Até que aos 79', Simão marca golo de livre, este foi atribuído a Nuno Gomes por suposto cabeceamento, mas em nenhuma repetição notei tal toque na bola. Era feita alguma justiça, que seria completa pouco depois. Quando todos se preparavam para um polongamento, eis que Mantorras, sempre no sítio certo, aproveita um ressalto para colocar o Benfica na frente. Cinco minutos depois o jogo acabaria e o Glorioso continua invencível na Luz. No pós-jogo Domingos veio criticar a arbitragem... Haja "paciência"!!! Não era nada a sua veia tripeira a falar...

Destaques: Simão, o mais batalhador e mais inconformado após golo leiriense; Léo, já começa a ser desnecessário colocá-lo nos destaques, porque parte-se do pressuposto que estará sempre, grande jogador; Luisão, o senhor daquela grande defesa; Mantorras, o angolano aviva sempre o jogo do Benfica, não percebo a falta de oportunidades que ele tem. Mantorras a titular já...

Outro facto foi as saudades que eu tinha de ver um jogo na RTP1. Que diferença de comentários e imagem!!! A estação pública ensina as outras a fazer boa televisão, e não me refiro só ao desporto...

Outros apurados na Taça: Sporting, Atlético, Boavista, Nacional, Braga, Varzim, Beira-Mar, Naval, Maia, Pinhalnovense, Académica, Belenenses e Odivelas.

Força Benfica!!!

sábado, 20 de janeiro de 2007

Semana Promissora

Esta é uma semana que promete para as modalidades do Benfica... Com alguns jogos importantes, como os da Taça da Liga de Basquetebol, a Taça de Portugal em futebol, ou o sempre complicado derby com o Sporting no futsal.
Aqui fica o calendário do fim-de-semana desportivo:

> Basquetebol (Taça Liga): Benfica-66 Ginásio-64 (26-28 ao intervalo)
> Voleibol: Benfica-3 Académica-0 (25-17; 25-15; 25-17)
> Hóquei Patins: Benfica-3 Cambra-1
> Basquetebol (Taça Liga): Benfica-84 Queluz-52 (34-27 ao intervalo)
> Futsal: Sporting-2 Benfica-1 (1-1 ao intervalo)
> Basquetebol (Taça Liga-FINAL): Benfica-73 Lusitânia-80 (42-42 ao intervalo)
> Futebol (Taça Portugal): Benfica-2 Leiria-1 (0-0 ao intervalo)
> Andebol (Taça Liga): Benfica-38 Vitória Setúbal-18
> Hóquei Patins: Porto-1 Benfica-1 (1-0 ao intervalo)

Para já a semana começou bem... Metade dos obstáculos já estão ultrapassados. Agora falta a outra metade, onde ainda estão jogos muito importantes e decisivos, no caso das 3 Taças.
FORÇA BENFICA!! Vamos para o pleno!

sexta-feira, 12 de janeiro de 2007

Sábado bom... Domingo de Tragédia Grega

Este é um abrir de ano simbólico para muitas modalidades, uma vez que já jogaram, mas apenas este fim de semana voltamos a ter a agenda das modalidades completa.
E quando digo completa, também me refiro a nível de dificuldade. Vai ser uma semana em que pedir o pleno seria espectacular, mas em que, acima de tudo, pedimos garra aos nossos atletas de todos os sectores para mostrarem que a luta pelo título nacional é mesmo possível.
Aqui fica o calendário:

> Futsal: Benfica-4 Freixieiro-3 (3-2 ao intervalo)
> Hóquei Patins: Hóquei de Sintra-0 Benfica-2 (0-2 ao intervalo)
> Voleibol: Sp. Espinho-3 Benfica-2 (23-25; 25-20; 15-25; 25-23; 15-13)
> Basquetebol: Benfica-78 Ovarense-82 (34-39 ao intervalo)
>Futebol: Académica-0 Benfica-2 (0-1 ao intervalo)

Tarefas muito complicadas no futsal (Freixieiro está em 3º), voleibol (Espinho em 1º) e basquetebol (Ovarense em 1º). No futebol a dificuldade passa por jogar fora... Como sabemos o Benfica desta época não se tem dado bem com os jogos fora da Luz, onde já perdemos 13 pontos.
FORÇA BENFICA!!

quarta-feira, 10 de janeiro de 2007

Penaltis é connosco!!!

Em mais uma partida na qual as defesas se sobrepuseram aos ataques, o Benfica voltou a dar excelentes indicações no que à coesão defensiva diz respeito, e também foram os lisboetas a estarem mais perto da vitória durante os 90 minutos. As grandes novidades no “onze” apresentado por Fernando Santos foram as inclusões de Pedro Correia – realizou toda a partida como lateral direito – e de Rui Costa (que jogou mais de uma hora e deixou algumas indicações que apontam para um rápido desenvolvimento dos índices físicos). Ainda assim, e apesar de o ritmo ter sido mais elevado do que aquele verificado na passada segunda-feira, as características da partida não lhe permitiram descortinar lances de grande perigo. Apesar de desde cedo o Benfica ter evidenciado uma disposição mais atacante, quase sempre protagonizada por Rui Costa (centro), Manú (direita) ou Simão (esquerda), acabou por ser a Lázio – que durante toda a partida optou por jogar em contra-ataque – que criou o primeiro lance de perigo, aos 7’, por intermédio de Foggia (por pouco falhou o alvo). Seria preciso esperar meia dúzia de minutos até que Rui Costa descobrisse Simão na área e o extremo apenas foi desarmado, em última instância, por Oddo. Aos 36’ foi a vez de Kikin isolar o capitão benfiquista, mas Peruzzi fez bem a mancha, evitando o golo da equipa portuguesa. O Benfica voltou a entrar da melhor forma na etapa complementar, destacando-se Rui Costa pela forma como pegou, definitivamente, no transporte de bola e como decidiu os ritmos de jogo. Foi mesmo o 10 quem, perto dos 60 minutos, esteve perto de marcar, mas viu o seu remate sair por cima. Os minutos foram passando e, muitas substituições depois, viveram-se uns emocionantes momentos finais. Primeiro foi Anderson, aos 80’, a opor-se in extremis a um remate de Makinwa. Pouco depois os italianos ficariam reduzidos a 10 elementos, já que Oddo viu o segundo cartão amarelo. E o jogo não terminaria sem que Mantorras deixasse de acertar na barra, após um belo cabeceamento. A justiça chegou, novamente, em forma de grandes penalidades, já que Moreira defendeu três remates e abriu caminho para que o jovem Pedro Correia se tornasse no herói da tarde ao apontar o penalty que tudo decidiu. O Benfica juntou, assim, o útil ao agradável e ganhou o Torneio do Dubai, além de ter provado que possui um plantel de elevada qualidade. Em conclusão, Fernando Santos rodou praticamente todos os jogadores e retirou excelentes indicações. O prémio de melhor jogador do torneio também pertenceu à equipa portuguesa, Manú foi o merecedor. Resta dizer que no encontro de atribuição dos 3º e 4º lugares, o Bayern Munique foi mais forte, batendo o Marselha por 4-3.

Parabéns Benfica!!!

Nota de rodapé com resultados das modalidades hoje:

> Basquetebol: Barreirense-72 Benfica-76 (33-44 ao intervalo)
> Hóquei Patins: Benfica-4 Portosantense-1 (2-1 ao intervalo)
> Futsal (Taça): Moinho Juventude-0 Benfica-9 (0-5 ao intervalo)

terça-feira, 9 de janeiro de 2007

Já estamos na final...

O Benfica garantiu a presença na final do Torneio do Dubai ao vencer o Bayern Munique, por 4-3, no desempate por grandes penalidades, depois de um nulo registado no final de uns 90 minutos muito renhidos, mas fraquinhos. A formação orientada por Fernando Santos deixou uma prova de valor e de atitude diante do poderoso Bayern Munique. Foi um Benfica um pouco diferente daquele que tem merecido a titularidade aquele que se apresentou de início. Assim, Moretto foi o guarda-redes escolhido, notando-se ainda a aposta em Miguelito na esquerda, em Beto e Karyaka no miolo e em Manú numa frente de ataque completada por Simão e Nuno Gomes. Já o Bayern apresentou-se com uma equipa bastante competitiva. Kahn (que se despede no final da época) surgiu na baliza, enquanto que Sagnol, Van Buyten, Lahm e Demichelis constituíram o quarteto defensivo; Van Bommel, Deisler e Salihamidzic formaram um meio-campo no qual Karimi fez a ligação com os avançados Makaay e Santa Cruz. O que é certo é que as equipas cedo se encaixaram uma na outra e demorou bastante até que começassem a surgir alguns espaços nas zonas defensivas de cada uma delas. E, das poucas vezes em que tal aconteceu, os bávaros optaram pelo remate de longa distância (ainda assim, dando pouco trabalho a Moretto), enquanto que o Benfica manifestou a tendência para fazer valer os seus ataques pelo futebol apoiado e encarnado às mil maravilhas na rapidez de Manú. Revelando-se combativa no miolo (importante a acção de Beto, Katsouranis e Karyaka) e prática na construção de jogo, a equipa portuguesa controlou uma das principais equipas europeias e até podia ter marcado a terminar a primeira parte, na única jogada de verdadeiro perigo registada até então. Nuno Gomes isolou Simão, com um passe rasgado, e o capitão benfiquista atirou colocado ao segundo poste, mas a bola saiu centímetros ao lado. Registaram-se várias alterações ao intervalo, em ambas as equipas, mas o estilo de jogo não mudou, revelando duas equipas muito equilibradas, sendo visível a concentração com que ambas continuaram a abordar a partida. Em consequência dessas características de jogo, raramente se registaram lances de perigo junto a ambas as balizas. E mesmo quando os ataques foram mais fortes que as defesas, surgia sempre um apoio que resolvia a situação. Assim, não se estranhou que, perante tanto equilíbrio, o vencedor da partida tivesse de ser encontrado sob a forma do desempate através da marcação de grandes penalidades. Luisão, Mantorras, Karagounis e Marco Ferreira marcaram para o Benfica, enquanto que Moretto acabou por se revelar decisivo ao defender os remates de Van Bommel e Pizarro. Amanhã o Benfica defronta a Lázio (bateu o Marselha por 3-1) na final. O jogo será novamente às 16h45 e é transmitido pela RTP1.

Quanto à Taça de Portugal, o sorteio foi hoje realizado, ditanto a União de Leiria como adversário do Benfica. O jogo será disputado no Estádio da Luz.

Força Benfica!!!

domingo, 7 de janeiro de 2007

Vitória Fácil... Em ronda Positiva

O tempo é de exames e o futebol tem que passar para segundo plano em alguns momentos. O jogo não deu na televisão, o que fez com que ainda houvesse menos atenção a este jogo. No entanto a confiança na vitória era inabalável.
E tinhamos razão. Vitória incontestável por 5-0... Podiam ter sido mais. Katsouranis marcou cedo, Nuno Gomes compôs o resultado para irmos confortáveis para o intervalo (3-0)... Kikin entrou a resolver tudo nos primeiros minutos da 2ª parte... Com 5-0, o Benfica voltou a fazer entrar Rui Costa para ganhar ritmo, Manú e Mantorras, mas o jogo havia de acabar mesmo assim.
Para uma tarde de Sábado e para um jogo de Taça, as bancadas estiveram muito bem compostas, com cerca de 35mil pessoas.
O sorteio da próxima ronda da Taça é já na 3ª feira às 11h da manhã. O Porto já não nos calha de certeza.
O Atlético foi a equipa sensação ao eliminar o detentor do troféu na época passada. O Porto entrou sem atitude e acabou por ser castigado por isso. Juntou-se a Marítimo, Setúbal e Paços de Ferreira como os primodivisionários que disseram adeus à Taça mais cedo.

A partir de amanhã o Benfica participa num torneio no Dubai. Todos os benfiquistas poderão seguir o Glorioso através da RTP1. Amanhã a estreia é com o Bayern.
Saudações benfiquistas! FORÇA SLB!

quinta-feira, 4 de janeiro de 2007

A (IN)justiça do futebol português...

Andei com problemas em aceder ao blogger e, por isso, dexei atrasar um pouco as minhas prosas aqui no VAMDP em relação ao nosso Glorioso, mas não andei a dormir, nem desapareci... E ainda bem que hoje já posso vir à net senão ia ficar com um desabafo muito grande dentro de mim...

Podia dizer que hoje é dia de luto para o Benfica por termos ficados privados do contributo do Nuno Assis... Mas de tão vergonhoso que foi este processo e este afastamento afirmo com toda a força que hoje é dia de luto para a justiça portuguesa, para o futebol português e para o CNAD (Centro Nacional de Anti-Dopagem).
O Secretário de Estado do Desporto é um covarde... é um ressabiado... é alguém que não olha a meios para atingir os fins (devia dar-se bem com o Pinto da Costa...) e preferiu abrir uma luta PESSOAL contra o Benfica do que defender o bom nome do país, do campeonato nacional e de um jogador português.
Hoje orgulhei-me das palavras do presidente do meu clube, quando diz que "o senhor Secretário de Estado pensa que ganhou uma guerra, mas não! Está contra o seu país, Que imagem pretende dar do maior clube do seu país e da Federação Portuguesa de Futebol? Se tivesse dedicado a mesma energia a outros casos, o Apito Dourado já estaria resolvido!"

A atitude do sr Laurentino Dias (sempre me ensinaram a chamar os BOIS pelos nomes) é vergonhosa em toda a linha. Pela primeira vez, o secretário de estado do Desporto de um país pediu um castigo maior do que o CNAD e pediu um castigo maior do que aquele que o TAS acabou por deliberar... O pedido do Secretário de Estado era de 2 anos... São estes os senhores que defendem o nosso país??... Ou será que defendem o seu umbigo e os seus caprichos??
A mim não me enganam... eu cá voto na 2ª opção!

Agora espero que o Simão tenha razão... "Entraremos em campo, não com Assis no «onze», mas como 12.º jogador. E venceremos por ele também. No passado já nos aconteceram outras coisas que nos deram força e esta será certamente mais uma que nos ajudará a cumprir os nossos objectivos".

FORÇA NUNO ASSIS! FORÇA BENFICA!!