sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Basquetebol não sabe mesmo o que é Perder

Mas que época está a fazer o Benfica em basquetebol... Que época magnífica! Depois de termos reforçado a equipa condignamente para podermos lutar por títulos em todas as frentes os resultados começaram, naturalmente, a aparecer... mas não acredito que alguém pensasse que o domínio do Benfica até ao momento fosse tão notório e vincado, com o "Glorioso" a permanecer confortavelmente instalado na frente do campeonato, na viragem da 1ª volta, com 17 vitórias noutros tantos jogos.

Esta semana, porém, é a vez de outra competição nacional, a Taça de Portugal, mas também aqui o Benfica pretende conquistar o 1º título do ano no Basquetebol Nacional, de forma a confirmar o domínio que temos tido no campeonato. À chegada a esta Final8, no Barreiro, o sorteio não foi muito amigo do Benfica, pois colocou-nos no caminho o sempre difícil FC Porto, que tem vindo a melhorar os seus resultados com o decorrer da época. Mas equipa que quer ganhar não se pode atemorizar com nada e foi com espírito vencedor que o Benfica entrou em campo para este jogo dos quartos-de-final, esta noite.

A juntar ao enquadramento deste jogo e ao histórico que já há de duelos aguerridos entre estas duas formações no basquetebol (e não só), o público ainda foi mais um factor galvanizador, com muita gente presente, a encher o pavilhão do Barreiro e a criar uma atmosfera perfeita para que se assistisse a um grande jogo de Basquetebol, com muita emoção, como veio a suceder.

Assim, após um 21-21 registado numa fase inicial, o Benfica embalou para um parcial de 24-19 no segundo período e manteve tal vantagem até ao derradeiro período, altura em que o FC Porto recuperou, em grande parte por mérito de Nuno Marçal (28 pontos) e em que chegou a estar em vantagem.

A dez segundos do final o Benfica perdia por dois pontos de diferença e a derradeira jogada ficou marcada por uma falta clara de um defensor portista sobre Seth Doliboa. Nos dois lances livres, o americano não falhou e deu o empate ao Benfica, obrigando a prolongamento, após 91-91. Foi então que, dando seguimento ao espírito guerreiro registado nos segundos finais do tempo regulamentar, o Benfica partiu para um fantástico prolongamento, onde superou os nortenhos em todos os aspectos.

Fantástica a exibição do colectivo, embora Ben Reed (34 pontos, sete ressaltos, quatro assistências e uma eficácia de 100 por cento da linha de lance livre), pela garra, eficácia e personalidade, tenha sido um elemento a destacar, juntamente com o polivalente Seth Doliboa (15 pontos) e o eficaz Sérgio Ramos (22 pontos).

O Benfica vai agora defrontar a Ovarense, que bateu o Illiabum por 79-71 no outro jogo dos quartos-de-final relativos à Final 8 da 55.ª edição da Taça de Portugal. A partida realiza-se no sábado, às 14 horas.

FORÇA BENFICA!! Estamos a um passo da Final da Taça!

Sem comentários: